Presbiopia


Presbiopia

 

A presbiopia ou “vista cansada” tem inicio, normalmente,  após os 40 anos. Ler mensagens no celular, no jornal, livros, e a validade de um produto, tornam-se tarefas extremamente difíceis, ou mesmo, impossíveis. Em muitos casos os présbitas começam a esticar os braços sem dar conta de que já estão com a famosa “vista cansada“. Vale lembrar que isso não é doença. Faz parte do envelhecimento do organismo, assim como a pele começa a perder o tônus e os cabelos a ficarem brancos.

presbiopia

Sintomas iniciais da presbiopia

presbiopia

Presbiopia

A presbiopia ocorre por uma ineficiência do sistema de acomodação da visão para perto, ou seja o nosso foco automático para perto começa, gradativamente, a perder sua capacidade de acomodação. A piora desta acomodação é progressiva e atinge seu máximo por volta dos 60 anos. A rapidez com que a presbiopia se estabelece varia de uma pessoa para a outra, em função da quantidade e tipo de grau que use para longe. Em alguns casos, quando o indivíduo tem miopia é comum que retire o óculos para longe para conseguir ler de perto.

presbiopia

presbiopia em míope

 

Nenhuma forma de tratamento reestabelece a acomodação natural e todas as formas de correção têm limitações. Os principais tipos de tratamentos são:

  • Uso de óculos para perto ou multifocais, que corrigem a visão para perto e para longe.
  • Uso de lentes de contato multifocais ou monofocais, com monovisão.
  • Correção da visão por laser, com monovisão.
  • Implante de lentes intraoculares, multifocais ou monofocais com monovisão (para pacientes que já apresentam catarata).

Monovisão é a visão funcional de um olho para longe e de outro para perto. A monovisão busca induzir a visão do olho de perto de  -1,50 a -2,0 dioptria, ou grau de miopia, que é suficiente para permitir uma boa visão para perto. Ao mesmo tempo o outro olho é corrigido para visão de longe.

Quando se induz a monovisão, o cérebro passa a fazer a escolha da melhor imagem, vinda de um olho ou do outro, de acordo com a localização do objeto (próximo ou distante).

Já existe tratamento a laser para deixar a córnea com poder multifocal, mas os resultados iniciais devem ser melhor avaliados.

O tratamento multifocal seja através de lentes de contato ou com o implante de lentes intra-oculares no tratamento de catarata são satisfatórios em casos específicos e devem ser testados pelos pacientes antes do tratamento definitivo.

Atualmente a qualidade de lentes de óculos multifocais evoluiu muito e a dificuldade de adaptação reduziu consideravelmente.

 

Todas as informações fornecidas neste website têm caráter meramente informativo, com o objetivo de complementar, e não substituir, as orientações do seu(sua) médico(a).

Dr. Renato Garcia   CRM-SP 109092

Oftalmologista