Cuidado com a conjuntivite


conjuntivite

 

Conuntivite

Conjuntivite

Cuidado com a conjuntivite infecciosa

A conjuntivite viral é uma doença contagiosa que se caracteriza por coceira, vermelhidão, lacrimejamento, secreção mucóide, sensação de areia e até mesmo dor nos olhos.

A transmissão se dá através do contágio direto ou indireto entre as pessoas.

No contágio direto, o indivíduo com conjuntivite contamina outras pessoas através do contato interpessoal, como aperto de mãos e beijos no rosto. Quando a segunda pessoa colocar a mão nos olhos ou esfregar o rosto com as mãos, estará levando o vírus para seus olhos e poderá se contaminar.

No contágio indireto, objetos de uso comum são contaminados, geralmente pelas mãos contendo secreção ocular com vírus da conjuntivite. Exemplos desses objetos são: telefones, teclados/mouses de computador, maçanetas de portas, corrimões de escadas e torneiras. As pessoas podem adquirir a doença se tocarem em objetos contaminados e depois levarem as mãos aos olhos.O vírus da conjuntivite tem a capacidade de permanecer vivo nestes objetos por um longo período de tempo.

Para se prevenir da conjuntivite, é muito importante lavar as mãos com freqüência e evitar de colocar as mãos nos olhos. Para os que já estão com a doença, é fundamental tomar outros cuidados, como não colocar as mãos nos olhos para evitar a recontaminação e evitar coçá-los para diminuir a irritação na região. Lavar as mãos antes e depois de aplicar algum colírio, não encostar o frasco de colírio nos olhos e suspender o uso de lentes de contato são outras medidas de grande importância. É imprescindível também que os pacientes com suspeita de conjuntivite procurem sempre um oftalmologista para o devido diagnóstico e tratamento.