Cirurgia de Catarata


Catarata

Antigamente, era necessário esperar a catarata ficar “madura”, ou seja, avançada, para a realização da cirurgia. Hoje em dia, com as modernas técnicas e aparelhos, a recomendação é que a cirurgia seja indicada nas fases iniciais da catarata, pois o procedimento torna-se  mais  fácil e seguro. Além disso, o tempo de recuperação é menor quando a cirurgia da catarata é realizada nos estágios iniciais. Portanto, o recomendável é que a cirurgia de catarata seja realizada logo que os primeiros sintomas apareçam.

 

Dúvidas em cirurgia de catarata:

O que é catarata?

Catarata é a opacificação do cristalino, uma estrutura normalmente transparente que se parece com uma lente e que se localiza dentro do olho.

Catarata

Catarata

Quais são os sintomas da catarata?

Quando o cristalino fica opaco (catarata), a imagem não se forma adequadamente na retina e a visão fica borrada, como se houvesse uma névoa atrapalhando a visualização das imagens. Em seu grau máximo a catarata leva à cegueira, que é totalmente reversível após a cirurgia.

Catarata

Catarata

Qual idade mais frequente para ter catarata?

A catarata mais comum é a senil, que aparece por volta dos 60 anos, mas nada impede de um paciente mais jovem ter a doença. A catarata também pode ocorrer em recém-nascidos, pessoas diabéticas, pessoas tratadas com certos medicamentos como a cortisona, traumas oculares e outras situações.

 

Como é feita a cirurgia (retirada) da catarata?

A catarata é fragmentada em minúsculos pedaços através de um instrumento introduzido no olho semelhante a uma caneta com uma ponta bem fina e delicada. Essa ponta emite ondas de ultrassom e faz, simultaneamente, a emulsificação e a retirada, por meio de sucção dos fragmentos da catarata. Após a retirada de toda a catarata, é implantada uma lente intra-ocular, que pode ser dobrável (flexível) ou não dobrável (rígida). Nesta técnica, é realizada uma pequena incisão de aproximadamente 2,20mm, não sendo necessária sutura ao seu término, porque cicatriza rapidamente devido sua incisão auto-selante. O tempo da cirurgia varia de 15 a 30 minutos.

 

Catarata

Cirurgia de catarata

 

A cirurgia de catarata é feita com laser?

Recentemente surgiu no mercado oftalmológico um laser capaz de realizar alguns passos da cirurgia de catarata, mas ainda é necessário o uso do facoemulsificador para retirada da catarata. Essa tecnologia necessita de mais estudos e aprimoramento para tornar-se segura e eficaz a todos os pacientes com catarata.

 

É necessário implantar uma lente na cirurgia de catarata?

Sim. As lentes intra-oculares (LIO) são implantadas com o objetivo de substituir o cristalino humano que estava opaco em decorrência da catarata. As lentes atuais permitem a correção de outros problemas oculares além da catarata, como a miopia, a hipermetropia, o astigmatismo e mais recentemente a presbiopia ou vista cansada,  promovendo a independência definitiva dos óculos para a maioria dos pacientes.

Catarata

Implante da Lente Intra-ocular

 

Como é feita a anestesia em uma cirurgia de catarata?

A anestesia é tópica, ou seja, com colírios e anestésicos intraoculares. Associado ao anestésico local realizamos sedação para reduzir o grau de ansiedade e permitir maior conforto ao paciente durante a cirurgia. Um grande número de pacientes submetidos à sedação chegam  a dormir durante a cirurgia de catarata. Após a cirurgia o paciente recebe alta em aproximadamente 2 horas.

 

É preciso dar pontos na cirurgia de catarata?

A cirurgia de catarata é realizada através de uma pequena incisão de aproximadamente 2,20 mm, não sendo necessária sutura ao seu término, porque cicatriza rapidamente devido sua incisão auto-selante. No entanto, caso o oftalmologista especialista nesta cirurgia ache necessário dar um ponto na incisão, o mesmo poderá ser removido em poucos dias.

 

Como é a recuperação após a cirurgia de catarata?

O pós-operatório da cirurgia de catarata é muito tranquilo e indolor. Após o realização da cirurgia de catarata pelo especialista, o paciente recupera-se rapidamente do efeito dos sedativos e recebe alimentação leve para logo deixar o hospital e ir para casa. O paciente recebe alta com um tampão acrílico transparente para proteção e orientação de uso de um colírio que contem antibiótico e anti-inflamatório. Após a cirurgia de catarata, a visão apresenta melhora rápida e em poucos dias atinge sua normalidade. Recomenda-se também, não pegar peso e a não entrar em piscinas e mar por aproximadamente 30 dias.

 

É possível corrigir o grau dos óculos com a cirurgia de catarata?

Sim.  As lentes intra-oculares (LIO) são implantadas com o objetivo de substituir o cristalino humano que estava opaco em decorrência da catarata. As lentes atuais permitem a correção de outros problemas oculares além da catarata, como a miopia, a hipermetropia, o astigmatismo e mais recentemente a presbiopia ou vista cansada,  promovendo a independência definitiva dos óculos para a maioria dos pacientes.

 

A lente-intraocular pode ser rejeitada pelo olho?

As lentes intraoculares, implantadas após a retirada da catarata, já são feitas para não haver rejeição. Não há necessidade de troca ao longo da vida, por isso a importância de colocar uma lente de boa qualidade. Caso seja necessário por algum motivo realizar uma troca de lente intraocular, é necessário que se faça outra cirurgia.

 

Todas as informações fornecidas neste website têm caráter meramente informativo, com o objetivo de complementar, e não substituir, as orientações do seu(sua) médico(a).

Dr. Renato Garcia   CRM-SP 109092

Médico Oftalmologista  –  Catarata

Rua Teixeira da Silva, 34 Cj. 83 – Paraíso –  São Paulo -SP
Telefone: (11) 3083-5249/4371-5259